Startups que podem substituir os cartórios

/, Empreendedorismo, Libertarianismo, Tecnologia/Startups que podem substituir os cartórios

Startups que podem substituir os cartórios

De acordo com levantamento da Receita Federal, os profissionais que tiveram a maior renda no Brasil foram os titulares de cartórios. Em 2019, as pessoas com essa ocupação ganharam, em média, R$ 103.141,14 por mês.

Na segunda colocação, estão membros do Ministério Público, ganhando R$53.493,48. Ou seja, em termos de renda bruta, os titulares de cartórios ganham mais que o dobro que a elite do funcionalismo público.

Cartórios são órgãos que validam a autenticidade de documentos jurídicos, de propriedade e contratos, entre outras coisas. Há, no país, mais de 13 mil deles, que faturaram em 2017 mais de R$ 14 bilhões. Em teoria, eles são intermediadores em notificações de cobrança de pagamentos e coisas do tipo.

Na prática, porém, cartórios são máquinas de burocracias, que criam dificuldades para vender facilidades. Por isso, a iniciativa privada está criando alternativas para esse tipo de serviço. Um exemplo disso são os contratos inteligentes.

Exemplificamos aqui duas startups brasileiras que atuam em mercados que usualmente são ocupados pelos cartórios.

Autentique

A Autentique é uma startup lançada em julho de 2017, que opera na área de assinaturas digitais.

Para validar a sua assinatura eletrônica, a Autentique confirma seu email, seus dados pessoais, e coleta dados de acesso, como IP, localização e dados do seu navegador. Assim, minimizando o risco de fraude.

Depois disso, você pode receber documentos para assinar ou enviar documentos e solicitar assinaturas eletrônicas de outras pessoas. Atualmente, durante a pandemia do Coronavirus, a Autentique ampliou o seu plano grátis, que era de 5 documentos por mês, para 20.

Confira aqui que tipos de documentos podem ser validados por assinatura digital, de acordo com a Autentique.

OriginalMy

A OriginalMy, além de também trabalhar com assinaturas de contratos, oferece também outros serviços de prova de autenticidade, só que usando Blockchain como protocolo. Também são oferecidos serviços de prova de autenticidade de sites e de documentos.

A startup autentica esse tipo de informação em blockchains como Ethereum, Bitcoin, Decred, entre outros. Isso garante que, enquanto essas redes estiverem ativas, esses registros existirão.

Além disso, provas autenticadas pela OriginalMy já foram usadas em um processo judicial e citadas pelo TJSP, abrindo precedente legal para esse tipo de evidência.

Confira mais sobre a OriginalMy aqui.

Gostou do artigo? Então apoie o Ideias Radicais! Apoiadores recebem vários benefícios.

Por | 2020-07-22T12:29:26-03:00 22/07/2020|Direito, Empreendedorismo, Libertarianismo, Tecnologia|Comentários desativados em Startups que podem substituir os cartórios