Instituto Atlantos ajuda trabalhadores na pandemia

O Instituto Atlantos, think tank gaúcho cujo objetivo é disseminar a filosofia liberal dentro da academia e da sociedade, lançou um projeto para amparar, judicialmente, trabalhadores que estiverem sofrendo com o lockdown. A iniciativa foi batizada de Projeto Fôlego ao Pequeno Empreendedor e conta com a parceria do Escritório Júnior Ruy Cirne Lima – empresa júnior da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). 

A proposta está ajudando os trabalhadores de pequeno e médio porte que não possuem condições de arcar com sua defesa contra as multas administrativas aplicadas pelo estado no simples exercício de atividade profissional. A ação será um braço do Projeto Frederick Douglass – programa da instituição lançado em 2020 com o objetivo de apoiar estudantes que tiveram suas liberdades de expressão cerceadas em espaços acadêmicos.  

Nestes sombrios tempos, defender a liberdade de empreender ou trabalhar, basilares da liberdade econômica, tornou-se motivo suficiente para se tornar alvo do mainstream. Os críticos levantaram a ideia de que a defesa da economia seria um ataque à saúde ou um desprezo às milhares de vidas perdidas – ignorando o contraponto Liberal que é justamente baseado na necessidade de pequenos e médios negócios manterem seu faturamento para arcar com os custos de vida e alimentação de suas próprias famílias e das famílias de seus colaboradores que dependem dos seus salários para sobreviver.

A despeito de todos os auxílios fornecidos à população, a sanha arrecadatória estatal não abriu mão de continuar a cobrar os mesmos tributos como se estivessem em tempos normais, e, além disso, passaram a intensificar a fiscalização para aplicar multas pela simples “manutenção” dos empreendimentos funcionando. 

Com o projeto, a instituição entende estar não mais apenas promovendo a divulgação e defesa de ideias e ideais da filosofia liberal, mas passando à condição de agente de mudança na defesa efetiva das liberdades que são verdadeiros baluartes para a prosperidade da nossa nação.

O Atlantos e o contexto Acadêmico e a Liberdade de Expressão

O Instituto Atlantos tem sede em Porto Alegre/RS, onde desde 2014 realiza palestras e eventos abertos ao público nas áreas de economia, ciência política, direito, filosofia, sociologia, história e empreendedorismo, tendo adotado este nome em homenagem ao objetivismo, após ter atuado anteriormente como Clube Miss Rand.

A atuação do Atlantos é realizada nos moldes de um think tank, independente e de filosofia liberal, tendo sido criado em reação ao ambiente acadêmico contemporâneo em que predominantemente são cultuadas visões progressistas ou estatistas sem embasamento econômico ou ignorando os resultados práticos das ideias que propagam.

Antes da pandemia, a instituição promovia palestras em diversas universidades de Porto Alegre. No entanto, inúmeras foram as vezes que recebeu críticas de movimentos progressistas mais ou menos à esquerda por defender uma filosofia costumeiramente mais pragmática, cética e austera o que dificilmente gera respostas fáceis aos anseios de justiça social que outras filosofias tanto dependem. Algumas situações foram escalonando para consequências e resultados cada vez mais graves no âmbito da Liberdade de Expressão, principalmente dentro do ambiente acadêmico

Houveram professores sendo censurados, afastados e desligados. Outros tantos que poderiam em algum momento se posicionar de maneira contrária ao mainstream não mais se sentem seguros para colocar suas ideias, mesmo quando amparados por garantias como a estabilidade do funcionalismo público.

Com episódios de cerceamento de liberdades, o Instituto Atlantos vem trabalhando para promover a Liberdade Econômica e de Expressão no Brasil. Além de divulgar autores, livros e ideais simpatizantes da causa, o Atlantos está iniciando seus trabalhos na forma prática: o Projeto Fôlego ao Pequeno Empreendedor e o Projeto Frederick Douglass são iniciativas que transcendem a teoria para atuar na vida dos brasileiros. É, literalmente, só o começo.

Fale com o Instituto Atlantos e ajude

O Instituto Atlantos e o Projeto Frederick Douglass podem ser contatados e apoiados por meio dos canais de comunicação:

Site e Instagram 

E-mail: [email protected]

, , ,

Ornella Di Lorenzo

Por:

É presidente do Instituto Atlantos, Bacharela em Direito pela Fundação Escola Superior do Ministério Público/RS, Pós-graduanda em Direito Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas.

Relacionados

BitPreço
Settee