A dificuldade de definir o que é Liberdade

Em meio à Guerra de Secessão (1861-1865), o 13º presidente dos Estados Unidos Abraham Lincoln discursou em Baltimore sobre a tragédia daquele conflito. Mostrou que se tratava de um exemplo da dificuldade que é definir o que é liberdade.

“As Colônias do Norte dizem estar lutando pela liberdade, mas as Colônias do Sul também alegam estar lutando pela liberdade”, afirmou. “Afinal, qual liberdade? A verdade é que o mundo nunca teve uma boa definição para a palavra liberdade”, esbravejou.

Ao usarmos a mesma palavra, não queremos dizer a mesma coisa.

Como afirmou o jurista italiano Bruno Leoni, “liberdade é algo que está simplesmente ali, e a única questão é encontrar as palavras corretas para descrevê-la”. Mas não é algo simples, pois a liberdade não se refere a um objeto, a uma coisa concreta.

As vantagens de definir palavras concretas

Linguisticamente, algo concreto é bastante fácil de ser compreendido pelos ouvintes. Para eliminar qualquer incerteza, basta apontar para a coisa que estamos dando nome ou definindo. Assim, duas palavras que se referem a uma mesma coisa e que são usadas por nós e por nossos ouvintes teriam sua equivalência comprovada.

É essa forma de conversação que permite o diálogo entre pessoas de línguas diferentes. Foi assim que os exploradores europeus conseguiram se comunicar com nativos quando chegaram na América. É assim que uma criança aos poucos compreende sua própria mãe.

Infelizmente, as dificuldades são maiores quando tentamos definir coisas que não são materiais e quando nossos ouvintes não sabem o significado da palavra que estamos usando.

Nesse caso, não podemos apontar um objeto material. Nossa forma de entender é diferente, precisamos descobrir um fator comum de uma forma diferente.

Definindo palavras que se referem à coisas abstratas

Palavras como Justiça, Direito, Democracia são problemáticas justamente por isso. São termos em que geralmente estão tão enraizados em um contexto histórico definido que não podemos encontrar palavras correspondentes na língua de outros contextos. Tudo isso se aplica também à palavra liberdade: não é possível apontar algo material e dizer: isso é liberdade.

Ela tem diferentes significados de acordo com os contextos históricos em que vem sendo usada, tanto na linguagem comum quanto em linguagens técnicas de política e economia. 

Nesse sentido, a palavra liberdade parece “flutuar sem âncora”, com mudanças semânticas introduzidas à vontade, por uma série de pessoas diferentes em lugares diferentes. Filósofos que discordam dos significados já aceitos nas linguagens comuns do ocidente criam novas definições, e tudo fica ainda mais confuso.

E a definição de liberdade em Filosofia, Economia, Política, Moral e assim por diante são diferentes, aumentando a quantidade de número e a gravidade das confusões possíveis. Isso ocorre ao ponto de alguns astutos tentarem explorar as conotações favoráveis dessa palavra para persuadir outras pessoas a mudarem suas respectivas formas de comportamento para comportamentos novos e até mesmo opostos àqueles, isto é, discursos a favor da liberdade para ações anti-liberdade.

Talvez seja exatamente isso que tenha ocorrido para as Colônias do Sul justificarem como um ato de liberdade escravizar indivíduos para os coagir como mão de obra.

Liberdade é algo eminentemente positivo

A conclusão é que definir liberdade não é fácil, mas virou consenso de que liberdade é um princípio básico dos bons sistemas políticos.

A despeito de ser difícil definir liberdade, uma definição efetiva talvez seja a de que se trata de uma palavra utilizada por indivíduos comumente para significar experiências psicológicas com conotações positivas. Afinal, ninguém usa a expressão “estou livre” no sentido de que estão sem algo que consideram positivo. Por exemplo, ninguém diz “estou livre de dinheiro” ou “estou livre de saúde”.

Apenas dizer “liberdade” pode ser insuficiente, mas ninguém acredita que isso é ruim. Não à toa, o preço dela é a eterna vigilância.

, ,

Avatar

Por:

Head de Conteúdo do Ideias Radicais, além de atuar no mercado financeiro na Apex Partners e assinar na Folha Vitória uma coluna diária com cenários da política e economia brasileira.

Relacionados

BitPreço
Settee